Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

25 de jul de 2015

Associação dos Detrans divulga perfil dos motoristas brasileiros

Jornal do Brasil


Neste sábado (25), em todo Brasil, é comemorado o Dia do Motorista. Por isso, os Departamentos Estaduais de Trânsito preparam atividades especiais e a Associação Nacional dos Detrans (AND) fez um balanço sobre quem são os mais de 60,7 milhões de condutores brasileiros e quais as particularidades regionais que fazem do trânsito do país um desafio de tamanho continental.

“O dia 25 de julho reúne uma série de atividades educativas em todos os Estados. Mais do que comemorar, é uma data para lembrar das responsabilidades de cada motorista, por isso, os Detrans aproveitam para levar mensagens de respeito e segurança no trânsito”, conta o presidente da AND e diretor-geral do Detran Paraná, Marcos Traad. 

No Estado, serão feitas blitzes em parceria com a Policia Militar e atendimento ao cidadão no Detran Móvel. O Paraná tem 4,4 milhões de condutores habilitados. A maioria homens, com 41 a 60 anos: 1.248.897, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Já no Acre, a maior parte dos motoristas é jovem. Dos 192.650 cadastrados no Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), 43% são homens com até 40 anos e outros 23% são mulheres com a mesma faixa etária.

Em Alagoas, onde são 430.026 motoristas, as mulheres são 26% dos habilitados. Os homens são 74% e grande parte (89 mil) tem entre 31 a 40 anos.

O Estado do Amazonas também tem perfil semelhante: Dos 234.115 motoristas, 89.338 são do sexo masculino e tem entre 31 a 40 anos. Entre as mulheres, 35.927 estão nesta faixa etária.

No Amapá, o Detran vai intensificar a operação Lei Seca neste final de semana, durante afesta de São Tiago em Mangazão. Os jovens representam 28% dos condutores do Estado. Homens e mulheres até 30 anos somam 37 mil do total de 131.178 motoristas registrados.

A Bahia, com 2.297.841 condutores, de acordo com o Denatran, também vai focar as atividades educativas na juventude. O Estado lança uma campanha especial voltada aos motociclistas e tem 566 mil habilitados com entre 18 e 30 anos.

No Ceará, quase 70% dos motoristas são homens: do total de 1.571.330 habilitados, eles são 1.091.502.

No Distrito Federal, a relação entre homens e mulheres é mais equilibrada, apesar deles ainda serem maioria. São 1,4 milhão de motoristas, 850 mil do sexo masculino e 561 mil do sexo feminino.

No Espirito Santo, o projeto “Escola segura no Trânsito” trabalha conceitos de segurança para crianças e adolescente. O Estado tem 61.526 condutores com até 21 anos, em um universo de 1.205.863 motoristas.

Em Goiás, onde são 2.303.209 habilitados, o Detran se uniu a artistas para falar de educação para o trânsito. Serão atividades circenses, musicais, malabares e teatro para falar com motoristas e ciclistas.

No Maranhão, a maioria dos motoristas são homens, de 31 a 40 anos. Segundo o Renach, dos 498.405 condutores registrados, 138.450 estão nesta categoria.

Minas Gerais, com 6.268.003 habilitados, mais de 1 milhão seguem este perfil. As mulheres nesta faixa etária são 621.354.

No Mato Grosso do Sul, destaque para os condutores com mais de 90 anos e CNH ativas. São 1.143 idosos, com entre 91 e 120 anos, e carteira de habilitação. O Estado tem no total 857.084 motoristas, de acordo com os dados do Renach/Denatran.

No Mato Grosso, que tem 1.101.180 habilitados, 60% tem entre 30 e 60 anos. São 682.662 motoristas, de ambos os sexos.

No Pará, quase 75% dos motoristas são homens. Eles respondem por 858.718 e elas por 290.750 CNHs, de um total de 1.149.468 documentos.

Na Paraíba, o Detran realiza a campanha “Não dá para perder a cabeça”, com atividades diversas para enfatizar a necessidade de dirigir com responsabilidade. O Estado tem 690.747 condutores.

Em Pernambuco, são 1.860.535 motoristas. Destes 199.107 tem mais de 60 anos, sendo que mais de 16 mil tem entre 81 e 90 anos e 69 de 101 a 120 anos.

No Piauí, 73% dos motoristas são homens. Do total de 438.657 condutores, 322.179 são do sexo masculino.

O Rio de Janeiro, com 3.720.001 condutores, terá ação educativa na Linha Amarela alertando sobre celular, velocidade e cinto de segurança.

Os dados do Denatran mostram ainda o perfil dos motoristas no Rio Grande do Norte (669.076 condutores), Rondônia (601.413), Roraima (120.620), Sergipe (424.491) e Tocantins (345.545).

Destaque para o Rio Grande do Sul, com 4.295.999 motoristas e para São Paulo, com o maior número de condutores do Brasil: 20.067.603.

Fonte:

Um comentário:

  1. São milhões pelas ruas e rodovias do Brasil. Apesar de vivermos num país de dimensões continentais, não possuímos uma malha ferroviária de passageiros adequada. O jeito é nos educarmos para tornar o nosso trânsito um lugar de paz e cordialidade.

    ResponderExcluir