Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

30 de ago de 2014

Palestra com Irene Rios em Muriaé - MG




Mobilidade Urbana: 2º Fórum Regional de Segurança e Educação no Trânsito na Cidade de Muriaé


28 de agosto de 2014 

DSC06232_620x465
Muriaé tem os mesmos problemas das cidades de seu porte quando o assunto é trânsito
DSC06188_620x465
Palestrante: Irene Rios, especialista em trânsito -
DSC06215_620x465
Sérgio Orondino, criador da ONG Salvando Vidas e Idealizador do Fórum
A ONG Salvando Vidas e a Pastoral do Trânsito de Muriaé, sob a coordenação do professor Sérgio Orondino e parceiros, realizaram nesta quinta-feira em Muriaé, o 2º Fórum Regional de Educação e Segurança no Trânsito. O evento aconteceu no Teatro Zaccaria Marques e foi aberto para o público em geral, mas voltado para principalmente para os profissionais da educação. VEJA AS ENTREVISTAS:
Irene Rios, palestrante especialista em trânsito: “Venho a Minas pela primeira vez, e na cidade de Muriaé. O trânsito é um problema social e cultural: cultural pelo fato do cidadão vir a muito tempo acostumado com a imprudência, a cometer todo tipo de infração e achar que é normal, e é social, porque a sociedade é quem sofre, com as vítimas que morrem que ficam com seqüelas a vida inteira. Estamos atravessamos uma epidemia, qual é a doença que mata tanto? o trânsito no Brasil mata por dia 150 pessoas, e com sequelas passam de 1.000, podendo ser comparado a uma guerra. Pelo que vejo, esta situação está geral, o Brasil precisa avaliar toda esta questão da modalidade urbana, segurança no trânsito, precisa políticas públicas para que haja mais ações”.
Sérgio Orondino, organizador: “tínhamos que estar falando há vários anos deste tema. Muriaé precisa estar pronta para a mobilidade urbana e educação no trânsito, pois as verbas só virão diante de um plano diretor com mobilidade urbana definida, mas acima de tudo precisamos dar ênfase à educação no trânsito, tanto é que trouxemos uma das melhores palestrantes desta área, a Irene Rios”.
José Augusto Dala Paula Abreu, palestrante: “Este evento é da ONG Salvando Vidas estando à frente o muriaeense, Sérgio Orondino que até o momento trabalhou sozinho e por isso temos deficiência para mobilizar toda a sociedade, mas o importante será mostrar que o trânsito faz parte de nossas vidas e do dia a dia, precisamos ir e vir. Se saímos de casa e encontramos dificuldade de se locomover, perdemos qualidade de vida, e este Fórum inicia o processo de busca de soluções”.
Anderson Fernandes, palestrante: “Hoje Muriaé está em um nível de grande concentração de veículos, e logicamente atrapalha a locomoção de todos e a expectativa que as autoridades tomem ações para melhorar o fluxo de veículos dentro de nossa cidade”.
Lila Goulart, palestrante: “Temos que estar conscientes, ter seriedade com as leis de trânsito, dirigir com respeito ao próximo para que nada de mal aconteça com ninguém, como aconteceu com minha filha. Os organizadores deste Fórum me pediram para escrever uma carta sobre a dor da perda de um filho e através dela vou fazer alguns questionamentos a respeito do processo que anda muito lento, pois já fazem quase três anos e nada aconteceu ainda. Esta tragédia foi em dezembro de 2011, quando morreram três jovens”.
Tenente Tagliatti, convidado: “Toda cidade no Brasil enfrenta dificuldade com o trânsito devido ao excessivo volume de veículos. Verificamos diversas infrações de trânsito às vezes, leves que prejudicam a coletividade, como uma simples fila dupla e às vezes não aceitam punição, tem resistência, temos que realmente fazer cumprir o Código de Trânsito”.
DSC06198_620x465

DSC06201_620x465

DSC06204_620x465

DSC06250_620x465

Mais Fotos




Vídeo

Um comentário:

  1. Gostei do vídeo sobre a campanha de educação no trânsito, em Muriaé. É importante que se façam campanhas como essa em várias cidades brasileiras, para diminuir o grau de periculosidade do trânsito.
    Que o exemplo de Muriaé seja seguido por muitas e muitas cidades!

    ResponderExcluir