Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

10 de fev de 2011

Mercado mais unido do Brasil promoverá Fórum Permanente de Trânsito

Diante dos grandes eventos mundiais que o país irá sediar em 2014 e 2016, a situação do trânsito brasileiro é um dos assuntos em pauta, devido à sequência de deficiências que apresenta. Com o objetivo de mostrar os parâmetros dessa realidade, o Estado de Pernambuco será a sede, nos próximos meses, do Fórum Permanente de Trânsito – Desafios para o Trânsito do Amanhã, cujo lançamento está marcado para a próxima sexta-feira (dia 11 de fevereiro). A idéia do Fórum surgiu a partir de reuniões entre o Diário dos Associados, os Sindicatos das Seguradoras Norte e Nordeste- Sindseg N/NE, o Sindicato dos Corretores de Seguros de Pernambuco – Sincor-PE e a Federação Nacional dos Corretores de Seguros - Fenacor. “Conversamos como poderíamos fazer alguma coisa pelo trânsito do Estado de Pernambuco”, explica Carlos Valle, vice-presidente da Fenacor. Segundo ele, os encontros visam a abordar muitos temas de interesse municipal, estadual e federal. “Desde a formação do condutor, veículos de carga trafegando durante o dia, a frota antiga, abastecimento diurno da cidade, enfim, tem problemas de todas as ordens”, acrescenta Valle. As discussões serão destinadas a todos os setores que participam de alguma forma do sistema de trânsito, entre eles, entidades de classe como sindicatos de motociclistas, motoristas da região, além de corretores e seguradoras. Órgãos governamentais, entidades privadas, escolas e universidades, também estarão presentes, pois para Valle, a participação da sociedade é quem poderá fazer a diferença, uma vez que no próprio Fórum a Sociedade poderá conhecer quais os problemas atuais, as dificuldades para solução, fazer sugestões , e, consequentemente participando de todo o processo. Entre os sindicatos, o Sincor-PE já confirmou participação. “O convite se estende aos demais sindicatos do Nordeste. Toda e qualquer entidade é bem-vinda”, afirma Carlos Valle. O lançamento do Fórum, no Auditório dos Diários Associados, contará com a palestra de Ricardo Xavier, presidente da Seguradora Líder DPVAT , que abordará o tema “Seguro DPVAT – Uma conquista brasileira”. A palestra irá marcar o início do movimento e a divulgação do calendário de reuniões durante o ano. Palestras e debates Cada mês, o Fórum Permanente de Trânsito irá trazer uma questão diferente a ser discutida. No primeiro encontro do Fórum, em março, as Rodovias Federais serão o foco da discussão, envolvendo a circulação e o acesso durante a Copa do Mundo, o que ficará para o Estado após o evento e as tecnologias que serão implantadas. Outros aspectos não menos importantes que os já conhecidos problemas existentes no trânsito, dos planos de solução existentes ou necessários, serão alvo de debates como: a educação de trânsito, além dos órgãos de segurança. A população será parte integrante do Fórum O evento, que visa a alertar as autoridades e entidades sobre a reorganização e soluções para o sistema de Trânsito, a princípio irá ocorrer apenas em Recife, mas pode se estender gradativamente às cidades vizinhas. Toda a população poderá acompanhar as reuniões que serão divulgadas em todos os meios de comunicação, participando e dando sugestões. O Diário dos Associados será um dos canais que estarão à frente do projeto, informando os avanços dos debates.[2] Para Carlos Valle, o importante é trazer a esfera do trânsito para o cidadão. “A intenção é que toda sociedade participando possamos ter um trânsito melhor, com menos engarrafamentos, menos acidentes, enfim, com soluções que a própria sociedade crie”. Fonte: http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=30101:-mercado-mais-unido-do-brasil-promovera-forum-permanente-de-transito&catid=45:cat-seguros&Itemid=324 - Acesso em 10/02/2011

3 comentários:

  1. parabêns pela iniciativa

    ResponderExcluir
  2. Oi Irene,
    Sou vanda -Santo Antonio de Jesus_BA. Tenho acompanhado algumas matérias de seu trabalho, acho fantástico. Gostaria muito que nossa Superintendência de Trânsito fizesse uma parceria com você, mas não depende de mim.Tudo que eu mais queria : Inserir o tema Trânsito no Currículo das nossas Unidades Escolares.A Transversalidade seria realmente uma excelente forma de trabalhar esta tão importante questão com o alunado, que por sua vez são excelentes multiplicadores de informações, além do que estaríamos começando a minimizar o mal pela raiz.Que pena que o governo federal não ditou a lei como obrigatoriedade para essa inserção em todos os Estados e Municípios. deixou uma causa tão importante a revelia dos mesmos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Vanda,

    É possível fazer um ótimo trabalho educativo de trânsito, através da transversalidade. Torço para ter a oportunidade de realizar um treinamento em sua região, será uma satisfação. Agradeço sua atenção. Um abraço.

    ResponderExcluir