Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

1 de fev de 2010

O Fiscal e o Educador de Trânsito

Azul: Educador de Trânsito  

Preto: Fiscal de Trânsito  

Pessoal aqui presente, 
Venho aqui me apresentar, 
Sou educador de trânsito, 
Meu ofício é ajudar 
A manter a segurança, 
Pra sua vida melhorar.

Pra minha vida melhorar,
Você quer me fazer rir,
Dizendo que com conversa
O infrator vai atingir.
Eu sou um fiscal de trânsito,
Minha meta é punir.  

Sua meta é punir,
Isso não é suficiente, 
Não resolve os problemas 
Que afligem nossa gente, 
Precisamos é formar 
Motoristas conscientes. 

  Motoristas conscientes,
Isso eu sei como fazer,
Xingo o infrator de tudo,
Faço o cidadão tremer,
Depois dou uma bela multa,
Pra ele nunca me esquecer.  

Pra ele nunca lhe esquecer, 
Nisso você tem razão, 
Agindo dessa maneira, 
Sem nenhuma educação, 
Por muitos será lembrado, 
Com ódio no coração. 

 Com ódio no coração,
Isso não me importa não,
Quando vejo um motorista,
Cometendo infração,
Fico muito indignado,
Sinto muita irritação.
 
Sente muita irritação,
Põe a mão na consciência,
Como quer que nas estradas
Haja menos violência, 
Se você não dá o exemplo, 
Se não age com paciência?

Se não ajo com paciência,
É assim que deve ser,
Quem comete infração,
Quem não cumpre seu dever,
Tem que ouvir e ficar quieto,
Tem que pagar pra aprender.  

Tem que pagar pra aprender, 
Em parte lhe dou razão, 
Mas isso só dá retorno, 
Só resulta em educação, 
Se vier acompanhado 
De respeito e orientação.

De respeito e orientação,
Isso não sei fazer, não.
Como posso respeitar
Quem comete infração?
Como vou orientar
Quem não tem educação?  

Quem não tem educação, 
Quem na estrada é imprudente, 
Precisa ser orientado 
Por alguém experiente, 
Que o faça refletir, 
Que o torne consciente.

Que o torne consciente,
Acho que estou entendendo,
O infrator tem que pensar
Sobre o que está fazendo,
Pois apenas cobrar multa,
Pra nós não está resolvendo.  

Pra nós não está resolvendo, 
Que bom ter observado, 
Pense naquele infrator, 
Que pode não ser “culpado”, 
Por isso trate-o sempre 
Como queres ser tratado.

Como quero ser tratado,
Me desculpe, por favor,
Não devo julgar ninguém,
Que bom que me alertou,
De hoje em diante vou ser
Um FISCAL EDUCADOR.  

Irene Rios da Silva

2 comentários:

  1. amei suas poesias... tbm escrevo poemas e peça de teatro sobre a educaçao no transito e me identifiquei com suas poesias.... Parabéns
    ledymara...

    ResponderExcluir
  2. minha filha tem 03 anos,ela tem 1.04cm de altura e23quilos,queria saber se posso usar só a cadeira de eleveção ou tenho que usar a cadeirinha.ocinto do meu carro é de dois pontos

    ResponderExcluir