Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

24 de nov de 2009

Redução de mortes no trânsito rende prêmio em Moscou para São José dos Campos

Município concorreu com outras 128 cidades de todo o mundo Educação, fiscalização e engenharia de tráfego. Essa receita implementada no trânsito rendeu um prêmio internacional a São José dos Campos. Outros 128 projetos do mundo todo foram apresentados, mas o destaque ficou para a forte redução no número de acidentes e mortes nas ruas joseenses. Nas ruas, são os motoristas que podem avaliar o trânsito enfrentado todos os dias. “Está caótico, está ficando igual São Paulo, já”, diz um motorista. “Acho que falta um pouquinho de respeito do pedestre quando é pedestre, do motorista quando é motorista”, diz a fisioterapeuta Juliana Paes Grossa . O dado positivo é que nos últimos anos São José dos Campos vem registrando queda no número de acidentes na cidade. Um dos principais motivos para o prêmio em Moscou foi conseguir diminuir em 62% as mortes e acidentes graves na cidade de 2006 a 2009. “No trânsito há um tripé: educação para o trânsito, a fiscalização e a engenharia”, explica o supervisor de educação para o trânsito, Andre Correia. Na comparação com cidades de porte semelhante, como Ribeirão Preto, por exemplo, São José fica com índice menor no número de mortes. Ou seja, 58 contra 75. Um dos locais que teve a maior redução do número de acidentes com mortes em São José dos Campos foi o anel viário. Os casos caíram de 6, de janeiro a outubro de 2008, para 2 no mesmo período desse ano. Mas uma das grandes preocupações da prefeitura ainda é com os motociclistas, mesmo com queda de 50% nas mortes nessa categoria. “A moto é um problema. É menor nos últimos anos, houve uma grande conscientização, mas ainda os acidentes de moto são maiores percentualmente que os acidentes com carros. A gente tem um longo caminho, principalmente através da educação do motociclista para que ele cumpra as regras e, consequentemente, defenda a sua própria vida”, diz o prefeito Eduardo Cury. E sempre é importante lembrar que a melhor regra no trânsito é respeitar o espaço do outro. “Muito pedestre atravessando fora da faixa, muito motorista que não respeita o sinal vermelho mesmo tendo pedestre passando na faixa. É muito comum ver isso aqui em São José”, diz a fisioterapeuta. Fonte: http://www.vnews.com.br/noticia.php?id=61011 (acesso em 24/11/09)

Nenhum comentário:

Postar um comentário