Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

4 de nov de 2009

Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito será em Curitiba

A violência no trânsito mata todos os anos quase 1,3 milhão de pessoas, fere e incapacita mais de 50 milhões e é a causa principal de mortes de jovens na faixa etária dos 10 aos 24 anos. Em outubro de 2005, a Assembléia Geral da ONU aprovou uma resolução conclamando todos os países para que definissem o terceiro domingo do mês de novembro de cada ano como o dia dedicado à memória das vítimas da violência sobre rodas. Este ano, o terceiro domingo cai no dia 15.
Essa data foi concebida para garantir que haja mobilização da sociedade contra essa violência e para confortar as centenas de milhares de parentes e amigos das vítimas que sofrem e sofrerão para sempre as consequências materiais, sociais e principalmente emocionais desses eventos trágicos.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as demais instituições mundiais ligados à segurança na circulação viária incentivam os governos e as organizações civis em todo o planeta que celebrem festivamente essa data, não só como uma forma de mobilização social e de homenagem aos entes queridos vitimados pela violência viária, mas como uma legítima e necessária provocação para que ações efetivas e práticas sejam adotadas.
Em 2009, o tema escolhido é a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, com o compromisso formal em torno de definição de políticas públicas e ações efetivas em defesa da segurança no trânsito e da prevenção das mortes e dos traumas nas ruas e estradas de todo o mundo. A cada ano uma cidade brasileira será eleita, no terceiro domingo do mês de novembro, como a “Capital Brasileira em Memória das Vitimas e em Defesa da Segurança no Trânsito”. A escolha da cidade a cada ano será consequência da manifestação das organizações sociais locais que se candidatarem e também em função de fatos ocorridos que tenham alcançado grande repercussão.
Seguindo essa estratégia, a Capital deste ano será a cidade de Curitiba. As razões para a escolha são:
• A dramática tragédia que ceifou de forma extremamente violenta a vida de dois jovens inocentes em uma ocorrência que, segundo os indícios constantes no processo, indicam claramente a terrível combinação condutor alcoolizado + excesso de velocidade + desrespeito à sinalização.
• O inédito indiciamento do acusado no crime de duplo homicídio qualificado com dolo eventual, que pode servir de mudança de paradigma para a justiça nos processos de condenação dos criminosos do trânsito.
• A comovente resposta dos pais das vítimas que, ao lado da luta pela justiça, oferecem sua indescritível dor como ferramenta de resgate da civilidade no trânsito.
O evento prevê mobilização dos entes públicos, organizações privadas e sociais para colaborarem na organização das ações e manifestações públicas referentes à data e a realização de uma manifestação festiva, em local central da cidade, com apresentação de artistas populares e personalidades públicas, distribuição de material informativo e coleta de assinaturas cobrando das autoridades brasileiras imediata adesão à “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. Fonte: http://www.detran.sc.gov.br/comunicacao/dia15.htm (Acesso em 04/11/09)
Leia mais em:
http://www.transitoamigo.com.br/evento_imagem/167/DIA%20MUNDIAL_09_Projeto_Curitiba.pdf (acesso em 10/11/09)

Nenhum comentário:

Postar um comentário