Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

10 de ago de 2009

Qual a semelhança entre Gripe A e Violência no Trânsito?

Posso dizer que a semelhança é quase nula. Alguém poderia me questionar: “Como não há semelhança se tanto a Gripe A quanto a Violência no Trânsito estão matando as pessoas?” Correto, só que não dá para comparar, porque enquanto morrem em média 02 pessoas por dia no Brasil, vítimas da Gripe A, no trânsito morrem pelo menos 87 pessoas (conforme estatísticas do Denatran). Outro dado incomparável é a atenção dada à prevenção da Gripe A. Se formos buscar no Google, nas páginas do Brasil, em 2009, há o dobro de ocorrências para Gripe Suína e para Gripe A (somadas), em relação às ocorrências para acidente, violência, segurança, educação e paz no trânsito (também somadas). Não é possível comparar também a mobilização feita em prol da prevenção da Gripe A. Escolas suspendendo as aulas, professores trabalhando com portas e janelas abertas, mesmo no inverno. Aluno com gripe deve ficar em casa e se algum estudante ou funcionário da escola espirrar é dispensado. Para conseguirmos espaço para a educação para o trânsito nas escolas é preciso todo um trabalho de convencimento e de planejamento com o corpo docente, pois alegam que não há tempo para inserir um projeto de educação para o trânsito porque já trabalham com muitos projetos: meio ambiente, sexualidade, inclusão, drogas... Também são importantes, mas será que estão causando tantos danos a saúde quanto a violência no trânsito?
Para o uso dos acessórios de segurança nos veículos, como o capacete e o cinto de segurança, foi necessário implantar uma lei obrigando e penalizando quem não cumprisse. Para o uso de máscaras para prevenir a Gripe A nem é preciso pedir.
Ocorrem diversos eventos educativos e culturais, congressos, seminários, festas e outros. Geralmente a educação para o trânsito nem é citada nesses eventos. Por outro lado vários eventos programados para agosto e setembro estão sendo cancelados devido a Gripe A.
Quanta diferença!
Por que não é dada tamanha atenção à prevenção da Violência no Trânsito?
Como entender o ser humano? A Violência no Trânsito tem solução! Precisa ser tratada como uma epidemia também!
Irene Rios da Silva

2 comentários:

  1. Parabéns pelo artigo, compartilho com você a mesma opnião.
    Até quando a sociedade irá ficar de olhos fechados para violência do trânsito?

    Gilson Vitorino Ferreira
    Especialista em Mobilidade Urbana
    Educador para Mobilidade e Cidadania Urbana

    ResponderExcluir
  2. Agradeço, Gilson

    Acredito que quando tivermos a atenção da mídia a nossa causa, conseguiremos abrir os olhos da sociedade.

    ResponderExcluir