Cadastre seu e-mail para receber as atualizações deste blog.

incluir retirar

22 de ago de 2009

O que estressa no trânsito

Vejam o que tenho lido e ouvido dos motoristas, sobre o que provoca estresse no trânsito.

O motorista que está atrás do seu carro acelera para ultrapassar. Depois que ultrapassa, fica lerdo como uma tartaruga na frente da gente.

Motoqueiro ultrapassando pela direita. Quando a gente vê, ele está na frente do carro.

Motoristas que não dão sinal de seta quando vão parar ou mudar de faixa.

Qualquer um que ande no meio das faixas. Mesmo moto no engarrafamento é intolerável.

Motoristas que demoram para arrancar quando abre o semáforo.

Consigo uma vaga para estacionar. No momento em que sinalizo e engato a ré, vem um indivíduo e estaciona nesta vaga.

Quando dou seta e ninguém deixa passar.

Quando formam uma zaga, ou seja, estou em uma pista de quatro faixas e existem quatro carros andando a 30 km por hora, um do lado do outro. Para piorar, isso sempre acontece enquanto o sinal no final da rua está aberto. Quando o sinal fica amarelo, os quatro aceleram e passam no sinal, deixando todo mundo para trás. Só pode ser de propósito.

Engarrafamento, principalmente no verão.

Quando o indivíduo insiste em andar a 30 km por hora, quando o limite permite 80 km por hora.

Motoristas de ônibus fechando a gente.

Quando vou sair da garagem e o motorista, que está longe, andando numa velocidade razoável, ao ver que estou manobrando, acelera seu veículo, querendo me bloquear. Age como se fosse disputar corrida comigo.

Quando existe um condutor na frente que não sabe para onde vai.

Motoristas que ficam falando no celular ou conversando e esquecem que estão dirigindo.

Quando tento ultrapassar um veículo que está em baixa velocidade e o seu condutor acelera no momento em que estou ao seu lado. Só para me deixar na contramão.

Quando tentam me ultrapassar pela direita.

Motorista que passeia lentamente pela faixa da esquerda.

Condutores que passam nos radares a 10 km por hora.

Mão única e carros estacionados dos dois lados da calçada. Fica só uma faixa no meio para todos passarem. Na sua frente, um caminhão ou um ônibus (parando em todos os pontos!).

Os caminhoneiros com sua carreta enorme tomando toda a pista e não deixando ninguém passar.

Ciclistas na pista dos carros.

A polícia que resolve fazer blitz em horário de pico. Justo no dia em que você está com mais pressa.

SILVA, Irene Rios da. Quem? Eu? Eu Não! E outras crônicas de trânsito. Ilha Mágica Editora. São José, 2007. Página 41.

Temas: Estresse, individualismo.

Sugestões de Atividades

1. Você concorda com as afirmações dos motoristas? Comente.
Resposta pessoal

2. Qual delas é mais convincente? Justifique
Resposta pessoal

3. Você já ficou estressado no trânsito? Por quê?
Resposta pessoal

4. Vale a pena ficar estressado?
Resposta pessoal

5. Dê sugestões para diminuir o estresse no trânsito.
Resposta pessoal

Irene Rios da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário